Quinoa Primavera Cremosa

Quando descobri a quinoa, fiquei grande fã, porque além de ser um alimento super completo em proteínas e aminoácidos, é bastante versátil e muito simples de cozinhar. Entretanto li um pouco sobre como o aumento do consumo mundial deste pseudo-cereal fez triplicar o seu preço, tornado-a de difícil acesso aos povos dos seus países de origem, Bolívia e Peru, onde é consumida há milhares de anos. Como me preocupo com a origem e o impacto ambiental e económico da comida que ponho no prato,diminui consideravelmente o seu consumo e passou a ser daquelas coisas só para muito de vez em quando. De qualquer modo, acredito que, com uma alimentação rica e variada, não precisamos de ir muito longe para preencher as nossas necessidades nutricionais. Claro que, num mundo globalizado, é difícil consumir só produtos locais. Os produtos exóticos são tentadores e estão ao nosso dispor em qualquer supermercado. Neste tema, penso que o melhor será optar pela moderação. Pelo menos, é o que tento fazer. A  fruta e os vegetais do dia-a-dia são os de época e, de preferência, produzidos bem pertinho. Mas, de vez em quando, gosto de comprar alguma coisa diferente, uma tropical e… 250g de quinoa!

A quinoa primavera é uma receita muito simples e que podemos variar com os legumes que tivermos à mão ou gostarmos mais. A leguminosa também é opcional. Eu gosto de incluir porque assim fica uma refeição mais completa e saciante. O toque especial nesta receia é dado pelo queijo-creme que a torna cremosa e com um sabor extraoridinario.  Usei o queijo da marca Violife que é assim, inacreditavelmente bom! A quinoa primavera pode perfeitamente ser feita sem este extra e também fica deliciosa, mas não é a mesma coisa!

  • 1 chávena de quinoa
  • 2 chávenas de água
  • 1 dente de alho
  • 1 cebola
  • 1 cenoura
  • 1 chávena de ervilhas cozidas
  • 1 chávena de milho-doce cozido
  • ½ pimento vermelho
  • 1 chávena de grão-de-bico cozido
  • Meio limão (ou só a casca)
  • 1 dente de alho
  • Azeite q.b.
  • Folhas de manjericão q.b.
  • 2 colheres de sopa de queijo-creme (vegan)
  1. Lave muito bem a quinoa, num coador de rede fina, com água corrente ou em várias águas.
  2. Leve ao lume com o dobro da água, temperada com sal e uma casca de limão (ou mesmo meio limão espremido). Deixe cozer cerca de 15 minutos.
  3. Entretanto, pique a cebola e o alho e corte a cenoura e os pimentos aos cubos pequenos.
  4. Num wok ou tacho largo, aqueça um fio de azeite com o alho e deixe estalar. Junte a cebola, a cenoura e o pimento.
  5. Tempere com uma pitada de sal.
  6. Quando a cebola estiver transparente, junte o milho, as ervilhas e o grão.
  7. Finalmente, junte a quinoa, envolva tudo bem.
  8. Pique as folhas de manjericão e, numa taça, misture com o queijo-creme e uma colher de sopa de azeite.
  9. Junte o queijo creme e, mesmo antes de desligar o lume, envolva bem o queijo na quinoa até ficar totalmente derretido.

Nota: pode substituir o manjericão por coentros ou hortelã.

IMG_7369

salada morna de quinoa com vegetais assados e feijão mungo

Não deixei de cozinhar, muito menos de comer. E nem de tirar fotografias do que vou fazendo. Tenho dezenas, ou mesmo centenas de fotografias de comida no telemóvel! Mas os dias vão passando e eu sem publicar nada… Estas fotografias já têm mais de um mês mas já voltei a fazer saladas idênticas a esta e achei que era uma pena não partilhar esta sugestão.

Todos os anos trago para casa pelo menos duas abóboras ENORMES! Por norma, uma delas acabava em doce e a outra em pedaços congelados para ir juntando às sopas. Este ano preferi fazer só um bocadinho de doce (para não acabar com a tradição) e tive de dar largas à imaginação para dar destino aos quilos de abóbora que restaram. Como ando preguiçosa na cozinha e tempo também é coisa que não me tem sobrado ultimamente, procurei receitas simples e o mais práticas possível.

Foi a esse propósito que saiu este assado de legumes (e esta é apenas uma amostra porque fiz uma grande quantidade que repousa em pequenas doses no congelador). Na verdade, o assado fica bem com todos os legumes “carnudos” e tubérculos. É uma questão de aproveitar o que há disponível mas, é uma ótima forma de usar aquelas aboboras que são menos saborosas porque vão ganhar o sabor dos temperos e dos outros legumes. 

Obviamente, tenho o congelador cheio de tupperwares com a etiqueta “legumes assados”!

IMG_0418

  • 2 chávenas de quinoa vermelha
  • 150g de abóbora
  • 1 cenoura grande
  • 1 batata-doce
  • 1 chávena de feijão mungo cozido (ou germinado)
  • 1 dente de alho
  • azeite q.b.
  • tomilho q.b.
  • 1/2 limão (sumo e casca)
  • sal q.b.
  • 1 colher de chá mostarda de dijon
  1. Descasque e corte em cubos a abóbora, a cenoura e a batata doce (a batata-doce roxa, não precisa de ser descascada).
  2. Coloque os legumes num tabuleiro de forno, junte um dente de alho esmagado e regue generosamente com um fio de azeite.
  3. Tempere com sal e tomilho.
  4. leve ao forno aquecido a 180º e deixe assar cerca de 40 minutos. O tempo pode variar, dependo do tamanho dos cubos de legumes, por isso, vá verificando.
  5. Entretanto, coza a quinoa, bem lavada, num tacho com o dobro de água temperada com sal e casca de limão.
  6. Quando a quinoa estiver cozida e os legumes assados, junte tudo numa saladeira.
  7. Acrescente o feijão mungo. Se usar o feijão germinado, é melhor juntar depois de esfriar um pouco, para não ficar murcho.
  8. Antes de servir, regue com sumo de limão e tempere com uma colher de  chá de mostarda de dijon.
  9. Mexa de modo a todos os ingredientes ficarem bem envolvidos.

IMG_0437

 

Salada de quinoa, agrião e batata-doce

Agora que finalmente os dias parecem estar a aquecer e já cheira a primavera – sobretudo agora que já temos horário de Verão, começam a apetecer saladas e coisas mais leves (estou a falar no geral porque a mim continuam-me a apetecer feijoadas e sopas quentinhas em pleno Verão)!
Há já uns tempos que não fazia quinoa e como tinha agriões que a minha mãe surripiou ao vizinho (a sério, mas nem ela nem ele vão ler isto) juntei os dois e fiz uma salada que na verdade é coisa que raramente me apetece, mas normalmente até me sabe bem.
A quinoa, para quem não sabe, é um pseudo-cereal (porque parece mas não é) cultivado nos Andes vai para mais de 3.000 anos! Agora voltou a estar na moda porque se descobrira os enormes superpoderes destas bolinhas minúsculas.


Valores nutricionais para uma chávena de quinoa cozida:

Proteina: 8g (16% DDR)
Fibra: 5g (21% DDR)
Magnésio: 118mg (30 % DDR)
Fósforo: 281mg (28% DDR)
Cálcio: 31mg (3% DDR)
Ferro: 3mg (15% DDR)
Calorias: 222 (11% DDR)


Quanto ao agrião (neste caso agrião de água) é também nutricionalmente muito rico e, ao que parece, um bom aliado na prevenção e combate de doenças oncológicas. Se calhar devia começar a comer uma tigelinha todos os dias…

IMG_3489

  • 1 chávena de quinoa
  • 1 molho de agriões
  • 1 batata-doce
  • 1/2 limão
  • sal q.b
  • tomilho q.b.

Para o vinagrete:

  • 1/2 limão
  • 1 c. de chá de mostarda
  • 4 c. de chá de azeite
  • Sal q.b.

IMG_3495

  1. Lave bem a quinoa, colocando-a num passador de rede, em água corrente. Em alternativa, lave-a em duas ou três águas.
  2. Coza-a conforme as instruções da embalagem, em água com sal, acrescentando meio limão no tacho.
  3. Transfira para uma saladeira e deixe arrefecer.
  4. Descasque a batata-doce e corte-a em rodelas finas.
  5. Grelhe as rodelas de batata-doce num grelhador ou numa frigideira antiaderente quente. Tempere com sal e tomilho.
  6. Entretanto, arranje os agriões, retirando os caules mais grossos, lave-os e seque-os. Junte-os à quinoa na saladeira.
  7. Junte as rodelas de batata e misture cuidadosamente para não amassar os agriões.
  8. Vinagrete: Junte todos os ingredientes num frasco pequeno, feche e agite bem. Junte à salada para temperar.

IMG_3496