papas de aveia com cacau e framboesas

Papas de aveia com cacau são o meu mais recente vício. Os pequenos-almoços deste inverno foram variando entre sopa (sopa, sopa, não é nenhuma sopa especial de pequeno-almoço) papas de aveia e panquecas ao fim-de-semana. Mas desde que descobri estas papas de aveia com cacau e, sobretudo, desde que experimentei fazê-las na bimby, este tem sido o preferido. Nunca tinha feito papas de aveia na bimby porque achava que não compensava estar a sujar o copo… até porque, tenho um mini tachinho/tijela que comprei especificamente para as papas (e também uso para a sopa), do tamanho ideal para uma dose. Mas a verdade é que não dá para resistir! As papas na bimby (e nas suas primas, claro) ficam tão, mas tão boas cremosas, que valem todo o esforço de rapar o copo com um salazar para conseguir tirar a papa que fica no fundo, e de o lavar todas as manhãs. Como é obvio, esta receita pode perfeitamente ser feita no fogão, mas se tiverem uma maquineta, não deixem de experimentar!
A primeira vez que juntei framboesas às papas com cacau não estava muito certa de que fosse gostar. Não pela combinação de sabores, que essa já sabemos que resulta sempre. O meu receio era de não gostar das framboesas quentes. Mas ainda bem que arrisquei! Ficam ma-ra-vi-lho-sas! Claro que, se não tiverem ou não quiserem juntar as framboesas, podem-se ficar só pelo cacau e garanto-vos que já terão um pequeno-almoço bem guloso!

Eu costumo misturar leite vegetal e água porque me parece que ficam mais equilibradas em termos de sabor e de consistência, mas podem usar só leite ou mesmo só água, dependendo do vosso gosto. Só com leite, ficam mais densas e só com água ficam mais… aguadas! 😀

FullSizeRender(1).jpg

  • 1 tâmara (sem caroço)
  • 5 colheres de sopa de flocos aveia (50g)
  • 200 ml de leite vegetal (170g) (costumo usar leite de arroz)
  • 50 ml de água (50g)
  • 1 colher de sopa de cacau em pó
  • 1 punhado de framboesas (frescas ou congeladas)
  • coco ralado q.b.

IMG_5916(1)

  1.  Comece por picar a tâmara em pedaços bem pequeninos (bimby, 10 segundos, vel. 6)
  2. Num tacho (ou no copo da bimby) junte a tâmara picada, o leite, a água, o cacau e os flocos de aveia.
  3. leve ao lume muito brando e deixe cozinhar, mexendo frequentemente até as papas ficarem cremosas (bimby, 90º 8 minutos, vel.1, Inverso)
  4. Finalmente junte as framboesas. Reserve algumas para servir cruas. leve novamente ao lume brando,  mexendo sempre durante 1 minutos ou até as framboesas amolecerem (bimby, 1 minuto,  90º, vel. 1, Inverso).
  5. Sirva as papas bem quentinhas, polvilhadas com o coco ralado e com as framboesas reservadas.

Tarteletes de framboesa

Vou já avisando não é uma sobremesa light! Mas… é muito saudável! Já aqui falei sobre os benefícios dos frutos secos, ricos em gordura monoinsaturada, vitaminas, minerais e proteínas. Estas tarteletes, embora lhes tenha chamado de framboesa, são feitas sobretudo de frutos secos, tanto na base como no recheio. Não têm açúcar adicionado, só o naturalmente presente nas frutas e na geleia de milho.

A minha ideia inicial era fazer um cheesecake mas como as quantidades que resultaram, tanto da base como do recheio, não eram suficientes para a minha forma, acabei por fazer estas tarteletes que os meus provadores oficiais adoraram!
A base é uma adaptação de uma receita que aprendi num workshop da Cozinha Verde. Alterei algumas coisas, mas a ideia é a mesma e é mesmo muito boa! O recheio não é muito doce porque a base já é docinha que chegue mas, quem for mais guloso, pode sempre acrescentar mais uma colher de geleia ou outro adoçante que prefira. Finalmente em relação às framboesas, eu adoro e como este ano tenho apanhado uma boa quantidade todos os dias, tinha de as aproveitar – não consigo perceber o preço absurdo a que são vendidas nos supermercados, porque as framboeseiras crescem e dão muitos frutos sem manutenção nenhuma, o único inconveniente é mesmo o serem tão frágeis ! As framboesas são umas bagas maravilhosas! São super saborosas e um poderoso antioxidante que ajuda a proteger as células. Além disso são ricas em vitamina C, por exemplo, que ajuda a absorção de ferro e por isso são também bons aliados dos vegetarianos. E apesar do seu sabor doce, são pouco calóricas (não que eu conte calorias, mas é bom saber ;-)! Se não tiver framboesas, use outro fruto vermelho de textura mole, como amoras ou groselhas ou morangos.

IMG_3426  IMG_3453

Para 5 tarteletes:

Para a base:

  • 1 chávena de frutos secos (usei avelãs e amêndoas)
  • 10 tâmaras, descaroçadas e demolhadas cerca de meia hora.
  • 1/4 de chávena de coco ralado
  • 1/4 de chávena de passas
  • 1 colher de chá de óleo de coco

Para o recheio:

  • 1 chávena de cajus, demolhados duas horas
  • 1 colher de sopa de geleia de milho (ou outro adoçante)
  • 1/2 chávena de framboesas

Para topping:

  • framboesas (as que tiver disponíveis)

IMG_3456 IMG_3455

  1. Num processador, junte as tâmaras partidas em pedaços e os frutos secos. Triture até ficarem desfeitos.
  2. Junte os restantes ingredientes e triture de novo até que fiquem bem ligados, mas de modo que não fique uma pasta demasiado homogénea
  3. Forre formas de tarte com papel vegetal (opcional, mas torna-se mais fácil desenforma-las)
  4. Coloque uma porção de massa e pressione com os dedos, de maneira a forrar toda a forma.
  5. Leve ao frigorífico e deixe repousar enquanto prepara o recheio.
  6. No processador coloque os cajus bem escorridos e a geleia de milho. Triture até formar um creme.
  7. Junte as framboesas e triture novamente até ficar homogéneo (a meio, misture com uma espátula).
  8. recheie, com a ajuda de uma colher, as tarteletes.
  9. Decore com as restantes framboesas e leve ao frigorífico pelo menos uma hora antes de servir.

IMG_3429IMG_3451