papas de aveia com cacau e framboesas

Papas de aveia com cacau são o meu mais recente vício. Os pequenos-almoços deste inverno foram variando entre sopa (sopa, sopa, não é nenhuma sopa especial de pequeno-almoço) papas de aveia e panquecas ao fim-de-semana. Mas desde que descobri estas papas de aveia com cacau e, sobretudo, desde que experimentei fazê-las na bimby, este tem sido o preferido. Nunca tinha feito papas de aveia na bimby porque achava que não compensava estar a sujar o copo… até porque, tenho um mini tachinho/tijela que comprei especificamente para as papas (e também uso para a sopa), do tamanho ideal para uma dose. Mas a verdade é que não dá para resistir! As papas na bimby (e nas suas primas, claro) ficam tão, mas tão boas cremosas, que valem todo o esforço de rapar o copo com um salazar para conseguir tirar a papa que fica no fundo, e de o lavar todas as manhãs. Como é obvio, esta receita pode perfeitamente ser feita no fogão, mas se tiverem uma maquineta, não deixem de experimentar!
A primeira vez que juntei framboesas às papas com cacau não estava muito certa de que fosse gostar. Não pela combinação de sabores, que essa já sabemos que resulta sempre. O meu receio era de não gostar das framboesas quentes. Mas ainda bem que arrisquei! Ficam ma-ra-vi-lho-sas! Claro que, se não tiverem ou não quiserem juntar as framboesas, podem-se ficar só pelo cacau e garanto-vos que já terão um pequeno-almoço bem guloso!

Eu costumo misturar leite vegetal e água porque me parece que ficam mais equilibradas em termos de sabor e de consistência, mas podem usar só leite ou mesmo só água, dependendo do vosso gosto. Só com leite, ficam mais densas e só com água ficam mais… aguadas! 😀

FullSizeRender(1).jpg

  • 1 tâmara (sem caroço)
  • 5 colheres de sopa de flocos aveia (50g)
  • 200 ml de leite vegetal (170g) (costumo usar leite de arroz)
  • 50 ml de água (50g)
  • 1 colher de sopa de cacau em pó
  • 1 punhado de framboesas (frescas ou congeladas)
  • coco ralado q.b.

IMG_5916(1)

  1.  Comece por picar a tâmara em pedaços bem pequeninos (bimby, 10 segundos, vel. 6)
  2. Num tacho (ou no copo da bimby) junte a tâmara picada, o leite, a água, o cacau e os flocos de aveia.
  3. leve ao lume muito brando e deixe cozinhar, mexendo frequentemente até as papas ficarem cremosas (bimby, 90º 8 minutos, vel.1, Inverso)
  4. Finalmente junte as framboesas. Reserve algumas para servir cruas. leve novamente ao lume brando,  mexendo sempre durante 1 minutos ou até as framboesas amolecerem (bimby, 1 minuto,  90º, vel. 1, Inverso).
  5. Sirva as papas bem quentinhas, polvilhadas com o coco ralado e com as framboesas reservadas.

Mousse de Abacate e Cacau

Eu sei que a esta altura, não há blog de receitas que se preze que ainda não tenha partilhado uma mousse de abacate e cacau. Já venho um bocado atrasada… Mas esta manhã estive a fazer manteiga de avelã e já que tinha a bimba suja, aproveitei para fazer um docinho para mais logo. Agora que partilho esta receita já posso dizer que tenho um blog de receitas que se preza.
Há inúmeras versões deste tipo de mousse. A base em todas é o abacate – é importante que esteja maduro. O resto dos ingredientes vai variando. Há com cacau em pó ou com chocolate derretido, com ou sem banana, com ou sem leite, com ou sem óleo de coco… Os adoçantes também podem ser gosto: ácer, stevia, agave, tâmaras…
Depois de provarem qualquer uma destas versões, todas elas bem saudáveis (os benefícios do abacate são já bem conhecidos), não vejo razão para se voltarem à tradicional! Além de tudo, o que para mim é uma grande vantagem, resultam numa quantidade perfeita para uma sobremesa para duas pessoas. E temos uma deliciosa e saudável sobremesa vegan, quase instantânea!
Pode servir esta mousse simples ou com granola ou frutos secos para uma textura crocante!

IMG_0923

  • 1 Abacate maduro
  • 1 Banana madura
  • 4 Tâmaras medjool
  • 2 C. de sopa de cacau puro
  • 1 C. de sopa de manteiga de avelã (opcional)

IMG_0920

  1. Comece por demolhar as tâmaras, sobretudo se estiverem um pouco secas, durante uns dez minutos ou mais.
  2. Num processador, coloque as tâmaras e desfaça-as, durante uns segundos.
  3. Junte os restantes ingredientes e processe até estar bem cremoso e homogéneo.

Pode comer logo em seguida, mas fica melhor se levar umas horas ao frigorífico.

IMG_0919

Tarte de coco e cacau

Com a Páscoa aí à porta, vem mais uma oportunidade de juntar a família e fazer aquilo que melhor fazem quase todas as famílias: discutir e comer!  Esta tarte de coco e cacau fica muito bem no papel de sobremesa para adoçar alguns amargos de boca porque, embora não seja nada elaborada, é doce, húmida e suficientemente saudável para todos poderem comer sem culpas e sem chatices…
A ideia surgiu-me da necessidade de usar o coco depois de fazer leite de coco. É uma boa forma de aproveitar esses flocos que ficam húmidos e por isso já não dão para guardar muito tempo, a não ser que se congele… Mas é claro que pode ser feita com coco novo e seco, que até tem um sabor mais acentuado!

IMG_2907

  • 200g coco ralado (reserve um pouco para decorar)
  • 200g de farinha de trigo
  • 1c. de chá de fermento
  • 80 a 100g de açúcar (de coco, mascavado ou amarelo)
  • 1/3 de chávena de óleo (de girassol, milho ou coco)
  • 350 ml de leite de coco (ou outro leite vegetal)
  • 1/2 chávena de cacau

IMG_3522

  1. Junte o coco com o leite, o açúcar e o óleo e bata à mão ou com a batedeira, para envolver tudo muito bem.
  2. Misture a farinha com o fermento e junte aos poucos à mistura de coco.
  3. Por fim junte o cacau. Bata um pouco com a batedeira.
  4. Transfira para uma tarteira de silicone ou de fundo amovível, untada e leve ao forno pré-aquecido a 180º, cerca de 30 minutos. Tenha atenção para não deixar demasiado cozido e não perder a humidade.
  5. Decore com o coco reservado depois de desenformar.IMG_2905