Polenta com Ratatouille

Há inúmeras receitas diferentes de ratatouille: umas de forno, outras só de fogão, outras de forno e fogão. Todos os anos faço alguma versão mais ou menos inventada porque gosto muito desta combinação de sabores e estes ingredientes encontram-se sempre ao mesmo tempo na minha cozinha!

Esta é a altura ideal para fazer ratatouille já que é a estação dos ingredientes principais: o tomate, a beringela e a courgete. Além destes, e também de época, podem juntar pimento, por exemplo, que fica muito bem.

Esta receita com polenta torna o ratatouille num prato mais substancial e pode ser uma boa refeição leve ou um belo acompanhamento!

IMG_1896

IMG_1902

  • 1 ch de polenta
  • 3 ch de água
  • 1 cebola pequena
  • 1 beringela
  • 1 courgete pequena
  • 1 ou 2 tomates
  • 1cebola
  • 1 dente de alho (opcional)
  • azeite q.b.
  • sal q.b.
  • ervas da Provença q.b. (ou uma mistura de ervas aromáticas secas, a gosto, como tomilho, alecrim e oregãos, por exemplo)
  1. Para preparar a polenta, pique um dente de alho e leve-o ao lume com um fio de azeite, num tacho. Este passo é opcional, pode optar por simplesmente cozer a polenta em água.
  2. Junte no tacho 3 chávenas de água e deixe levantar fervura.
  3. Tempere a água com uma pitada de sal e junte a polenta.
  4. Reduza o lume para o mínimo e mexa frequentemente. Deixe cozer cerca de 15 minutos ou até a água ter sido absorvida.
  5. Espalhe a polenta no fundo de um tabuleiro de forno (usei um quadrado de 22×22 cm) e deixe arrefecer.
  6. Corte uma cebola em rodelas finas e leve ao lume com um fio de azeite, até ficar translucida.
  7. Entretanto, prepare os vegetais do ratatouille, cortando-os em rodelas fininhas.
  8. Disponha as rodelas de tomate, beringela e courgete entrecaladas e parcialmente sobrepostas.
  9. Salpique com umas pedrinhas de sal, ervas da provença e regue com um bom fio de azeite.
  10. Leve ao forno pré-aquecido a 200o, cerca de 30 a 40 minutos ou até os vegetais estarem ao seu gosto.

img_1931.jpg

 

Moussaka de lentilhas

Agora que o mês de Agosto está a chegar ao fim e os dias ficam mais frescos e mais pequenos, é tempo de voltar às rotinas, aos tachos e às panelas e principalmente ao forno!! Por muito que se goste de saladas e comidas frescas, não há nada mais reconfortante do que uma comidinha de forno, verdade?

A moussaka é uma espécie de lasanha de beringela, típica da Grécia e da Turquia, feita com carne de cordeiro, na versão original. Nunca a comi com carne, mas descobri esta há uns anos e já se tornou um clássico cá em casa. O bechamel que antes era feito com leite de vaca 😦 passou a ser feito com leite de aveia que é, para mim, o melhor leite para fazer bechamel (seguido do leite de soja). Como é muito fácil de fazer em casa, o de aveia também fica muito mais em conta do que o leite de soja (o leite de soja biológico é caro e fazer em casa é uma considerável empreitada…). O único defeito do bechamel de aveia é que, como podem ver, não há maneira de ficar bonito nas fotografias, depois de gratinado. Faz sempre um efeito que faz lembrar fendas da terra seca… Mas compensa muito em tudo o resto!

Sempre fiz a moussaka só com uma camada mas, as duas vezes que já fiz este verão (estamos na época das beringelas) calhou de fazer numa assadeira mais pequena e dividi as lentilhas e a beringela em duas camadas de cada. Em termos de resultado final, não faz muita diferença, por isso sintam-se à vontade para fazerem como preferirem!

IMG_5622

  • 1 chávena de lentilhas castanhas ou verdes secas (cerca de 180g)
  • 1 cebola grande
  • 2 ou 3 tomates maduros
  • 1/2 pimento
  • 1 pitada de sal
  • azeite q.b.
  • 1 pitada de orégãos
  • 1 folha de louro
  • água ou vinho branco q.b.
  • 1 beringela grande
  • 500ml de bechamel vegetal (uso a mesma receita que aqui)

IMG_5247

IMG_5683

  1. Demolhe as lentilhas por, pelo menos, 4 horas.
  2. Corte a beringela no sentido do comprimento, em fatias com cerca de 1cm de espessura.
  3. Salpique as fatias de beringela com sal grosso e deixe repousar dentro de um coador, enquanto prepara o resto da receita.
  4. Entretanto, pique a cebola e leve-a ao lume com um fio de azeite até ficar translucida.
  5. Junte os tomates e o pimento, partidos em pedaços médios.
  6. Deixe cozinhar 5 minutos e junte as lentilhas, o sal e a folha de louro.
  7. Deixe cozinhar as lentilhas durante 15 minutos, ou até estarem cozidas. Se necessário, vá acrescentando um pouco de água ou vinho branco, tendo o cuidado de não deixar demasiado líquido.
  8. Um pouco antes de terminar a cozedura, tempere com os orégãos e rectifique o sal.
  9. Enquanto as lentilhas cozinham, lave e escorra bem as fatias de beringela.
  10. Leve ao lume uma frigideira larga, untada com um pouco de azeite e grelhe as fatias de beringela até ficarem moles e mais escuras.
  11. Unte uma assadeira com um fio de azeite e disponha uma camada de beringela grelhada.
  12. Espalhe uma quantidade generosa de lentilhas por cima da beringela.
  13. Repita as camadas até terminarem as lentilhas e a beringela e cubra com o bechamel.
  14. Leve a gratinar em forno pré-aquecido a 200º, cerca de 30 minutos.
  15. Sirva com uma salada verde ou espinafres salteados.

IMG_5682