salada morna de quinoa com vegetais assados e feijão mungo

Não deixei de cozinhar, muito menos de comer. E nem de tirar fotografias do que vou fazendo. Tenho dezenas, ou mesmo centenas de fotografias de comida no telemóvel! Mas os dias vão passando e eu sem publicar nada… Estas fotografias já têm mais de um mês mas já voltei a fazer saladas idênticas a esta e achei que era uma pena não partilhar esta sugestão.

Todos os anos trago para casa pelo menos duas abóboras ENORMES! Por norma, uma delas acabava em doce e a outra em pedaços congelados para ir juntando às sopas. Este ano preferi fazer só um bocadinho de doce (para não acabar com a tradição) e tive de dar largas à imaginação para dar destino aos quilos de abóbora que restaram. Como ando preguiçosa na cozinha e tempo também é coisa que não me tem sobrado ultimamente, procurei receitas simples e o mais práticas possível.

Foi a esse propósito que saiu este assado de legumes (e esta é apenas uma amostra porque fiz uma grande quantidade que repousa em pequenas doses no congelador). Na verdade, o assado fica bem com todos os legumes “carnudos” e tubérculos. É uma questão de aproveitar o que há disponível mas, é uma ótima forma de usar aquelas aboboras que são menos saborosas porque vão ganhar o sabor dos temperos e dos outros legumes. 

Obviamente, tenho o congelador cheio de tupperwares com a etiqueta “legumes assados”!

IMG_0418

  • 2 chávenas de quinoa vermelha
  • 150g de abóbora
  • 1 cenoura grande
  • 1 batata-doce
  • 1 chávena de feijão mungo cozido (ou germinado)
  • 1 dente de alho
  • azeite q.b.
  • tomilho q.b.
  • 1/2 limão (sumo e casca)
  • sal q.b.
  • 1 colher de chá mostarda de dijon
  1. Descasque e corte em cubos a abóbora, a cenoura e a batata doce (a batata-doce roxa, não precisa de ser descascada).
  2. Coloque os legumes num tabuleiro de forno, junte um dente de alho esmagado e regue generosamente com um fio de azeite.
  3. Tempere com sal e tomilho.
  4. leve ao forno aquecido a 180º e deixe assar cerca de 40 minutos. O tempo pode variar, dependo do tamanho dos cubos de legumes, por isso, vá verificando.
  5. Entretanto, coza a quinoa, bem lavada, num tacho com o dobro de água temperada com sal e casca de limão.
  6. Quando a quinoa estiver cozida e os legumes assados, junte tudo numa saladeira.
  7. Acrescente o feijão mungo. Se usar o feijão germinado, é melhor juntar depois de esfriar um pouco, para não ficar murcho.
  8. Antes de servir, regue com sumo de limão e tempere com uma colher de  chá de mostarda de dijon.
  9. Mexa de modo a todos os ingredientes ficarem bem envolvidos.

IMG_0437

 

Queques de abóbora e melaço

Bolinhos perfeitos e saudáveis são feitos com abóbora! Ficam super saborosos e macios! Infelizmente demorei a descobrir isso, mas desde que conheci todas as potencialidades deste humilde mas incrível legume, o meu mundo culinário ganhou outra dimensão! São quilos e quilos de abóboras de todos os tamanhos e feitios que passam por esta cozinha de Outubro a Dezembro! Vão parar em sopas e em frascos de doce, mas também em risotos, cremes e scones, bolos e bolachas!

Como já mostrei aqui, costumo fazer puré de abóbora assada que depois congelo em doses de uma chávena para usar nas mais variadas receitas.

Desta vez saíram uns queques tão bons, mas tão bons que nem vou dizer mais nada sobre eles! Experimentem!

IMG_8432

  • 1 chávena de farinha de espelta
  • 1/4 de chávena de farinha de aveia (flocos moídos)
  • 1/4 de chávena de açúcar mascavado
  • 1/2 chávena de leite de amêndoa (ou outro leite vegetal)
  • 1 chávena de puré de abóbora
  • 1/2 chávena de óleo vegetal 
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1/2 colher de chá de noz moscada, moida
  • 1/2 colher de chá de gengibre fresco ralado
  • 2 colheres de sopa de melaço
  • 4 cravinhos moidos
  • 6 sementes de cardamomo, moidas

IMG_8595

  1. Numa taça grande, junte as farinhas, o açúcar o fermento, as especiarias e o sal.
  2. Numa taça à parte, junte o leite, o óleo, o puré de abóbora e o melaço. Misture até formar um liquido homogéneo.
  3. Junte o liquido à mistura das farinhas.
  4. Mexa muito bem com uma vara de arames até não ter grumos e ficar uma massa cremosa e homogénea.
  5. Unte 14 formas de queques (caso não use de anti-aderentes) com um pincel ou um guardanapo embebido num pouco de óleo.
  6. Distribua a massa nas formas até encher cerca de 2/3.
  7. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 15 a 20 minutos.
  8. Desenforme e deixe arrefecer, de preferência numa rede.IMG_8474

Puré de Abóbora

A natureza é tão generosa que nos arranjou alguma coisa para nos consolar pela tristeza que é o fim do verão. Deve ser por isso que o outono traz tantas coisas boas para comer! E a melhor de todas essas coisas boas, é a abóbora! Ou melhor, as abóboras, porque há abóboras de todos os tamanhos e feitios! O problema é chama-las pelos nomes! Tenho muita dificuldade a identificar abóboras, porque me parece que para a mesma há nomes diferentes e que o mesmo nome também é atribuído a tipos diferentes. Depois há os nomes em inglês que não sei traduzir para português… Enfim, um dia dedico-me a estudar essa matéria que há-de dar para horas de estudo!

Estas com que fiz o puré parece que se chamam hokaido, embora eu já tenha comprado outras bem diferentes, com o mesmo nome… Foram semeadas a partir de umas sementes que comprei em Amesterdão e, não só não tinham o nome em português, como o pacote foi logo para o lixo e não tive oportunidade de investigar melhor…

FullSizeRender

Além da parte dos nomes eu tinha outra dificuldade com as receitas, sobretudo as americanas. As medidas de abóbora das receitas vêm geralmente em cups ou cans, que é como quem diz, chávenas ou latas. Ora como em Portugal não se encontram facilmente latas de polpa de abóbora (e mesmo que se encontrassem, eu não iria por aí…), senti necessidade de arranjar um receita de puré para usar nessas medidas. Ainda comecei por cozê-la no microndas de depois esmagar com um garfo. Mas não estava satisfeita com essa solução que ficava sensaborona e muito liquida (embora fosse bem prática). Desde o ano passado que faço este puré de abóbora assada que depois divido em chávenas e congelo em frascos para ir usando! E cheira-me que este ano vou usar bastante. Podem aguardar!

IMG_8375 IMG_8379 (1)

  • 1 (ou mais) abóbora de tamanho pequeno ou médio

IMG_8401

IMG_8404

  1. Corte o topo da abóbora com uma faca bem afiada.
  2. Corte-a ao meio, no sentido do comprimento.
  3. Retire os filamentos e as sementes com uma colher.
  4. Corte em cunhas largas.
  5. Coloque no tabuleiro de forno, com a casca para baixo.
  6. Leve a assar em forno a 180º por 40 minutos.
  7. Retire do forno, deixe arrefecer um pouco e, com a ajuda de uma faca, retire a casca.
  8. Triture a abóbora num processador até obter um creme homogéneo.
  9. Divida em medidas de chávena e congele ou use de imediato.

IMG_8406 IMG_8435

Creme de abóbora-manteiga e lentilhas vermelhas

Há umas semanas, uma amiga enviou-me uma lista de receitas de sopas vegan cremosas. Adoro sopas assim, tipo papa de bebé! Fiquei logo com vontade de fazer a que combinava abóbora manteiga e lentilhas vermelhas, não só porque me pareceu uma autentica comfort food, mas também porque tinha uma abóbora-manteiga na despensa, quase a ficar esquecida. Entretanto, numa rápida olhadela na internet, percebi que esta combinação é praticamente um clássico… Eu devia andar a dormir!
Ontem quando a ia fazer, não quis seguir nenhuma receita e apeteceu-me inventar um bocado. Como a abóbora-manteiga é tipicamente usada assada, resolvi fazer o mesmo para a sopa e, já que tinha o forno ligado, juntei também a cebola. O resultado foi uma sopinha super-cremosa e saborosa!

IMG_2010

  • 300g de lentilhas vermelhas descascadas
  • 1 abóbora-manteiga
  • 1 cebola
  • 10 folhinhas pequenas de sálvia (menos se forem grandes, porque têm um sabor muito forte)
  • 1/2 malagueta (opcional)
  • 1 bom fio de azeite
  • sal q.b.
  • água q.b.
  • Sementes de abóbora ou de girassol para servir

IMG_2014

  1. Descasque a abóbora manteiga, retire as sementes e corte-a aos cubos.
  2. Descasque e corte também a cebola.
  3. Coloque a cebola e a abóbora num tabuleiro de forno, salpique com as folhas de sálvia, o sal e regue tudo com azeite. Junte também a malagueta (se usar) e mexa para envolver os legumes no tempero.
  4. Leve ao forno pré-aquecido a 150º e deixe assar durante meia hora.
  5. Entretanto, coza as lentilhas em água e sal, durante 20 minutos.
  6. Transfira os legumes assados e as lentilhas para uma panela (ou para o copo da bimby), junte um litro de água (deite alguma água no tabuleiro para tirar os resto do assado e aproveite-a para a sopa e use também a água de cozer as lentilhas) e deixe levantar fervura.
  7. Passe tudo com a varinha mágica (ou 1 minuto, vel. 10 na bimby).
  8. Rectifique os temperos e a consistência. Se preferir uma creme mais diluído, vá juntado água até estar ao seu gosto.
  9. Quando servir, salpique o prato com sementes a seu gosto.

IMG_2036